Não importa a forma como muita gente me julga, pensa ou critica. Apenas assumo a minha verdade de acordo com os valores e princípios que, aprendi na infância, pela minha mãe, parentes e vizinhos. Sem esquecer a minha religião (Católica) e da fé em Deus e no seguimento na doutrina de Jesus Cristo. Sou ciente que desde sempre enfrento preconceitos de ser diferente de muitas pessoas. Mas mesmo assim sigo com a minha forma de ser.Com orgulho e determinação, mesmo pagando o preço de ser diferente, estou convencido que passo credibilidade, obtenho respeito e me realizo como filho de Deus e habitante neste mundo. Podes traduzir este blogue em vários idiomas. Clica na bandeira do País desejado……
...

domingo, 13 de Julho de 2014

Atenção mulheres.


""Toda mulher desleixada acaba perdendo o marido dentro da própria casa""...
Muitas são as esposas que se sentem desgastadas fisicamente e emocionalmente,...Outras se deixam relaxar na aparência, acreditam que por estarem casadas há alguns anos, podem se descuidar. Mas isso jamais pode acontecer. Aceita-te como tu és, cuida do teu corpo, melhora o teu estilo de vestir, sejas tu com originalidade, e não tentar imitar A,B. Sejas tu mesma. Lembra-te o principal órgão sexual do teu esposo são os olhos, sendo assim, investir no que ele vê diariamente é a melhor dica para cuidar da saúde do teu casamento. Por outro lado. Mulheres, mulherada... Mantenham sempre a calma. Sejas mais amiga e menos rival. Lembra-te, a mulher pela qual o teu marido se apaixonou ainda existe e está dentro de ti...liberta-a.

Como homem, aliás um cinquentão: Umas dicas para vos mulherada...
O homem atual perdeu muito da sua dignidade. O homem está enfermo, o matrimônio cambaleia e a sociedade está em destruição. O único remédio existente está nas vossas mãos.
Jamais esqueças que és , consoladora dos aflitos, refugio dos pecadores, porta do céu , tranportadora da vida humana , etc , etc ...



 ( Tema pensado para a edição de Setembro 2014, do www.cldz.ch )

sábado, 12 de Julho de 2014

Olhar para a nossa própria história...


Olhar para a nossa própria história, ou seja, para o dia, para a semana, mês, ano, que acabamos de viver é uma ótima maneira de nos tornarmos mais preparados para o dia seguinte. Quando estamos atentos e interessados no que acontece connosco, no que sentimos e pensamos e ainda em como agimos com as pessoas e com a gente mesmo diante das circunstâncias, fica mais fácil nos respeitarmos e nos sentirmos satisfeitos com a vida que temos levado. Ou então para se arranjar forças para mudar certos pontos negativos na nossa vida.

 
Um grande mal, em muitos de nós é não ter disponibilidade para olhar para a nossa história. Espero e desejo que não sejas tu...

segunda-feira, 2 de Junho de 2014

È esta a terra que me vi nascer...


Falar da minha aldeia é falar das minhas origens. Logo a partida ficas a saber mais um pouco de mim. Porque na verdade, confesso e reconheço, que sou muito discreto. Se è defeito, ou não. Sou assim... È a minha personalidade... Então assim: Nasci em Vila de Santo, uma aldeia do Distrito e Concelho de Viseu. Uma Aldeia com bons acessos, situada numa planície, com muita água cercada de floresta.(Pinheiros, Carvalhos,). Com bons acessos, com uma boa rota de transportes rodoviários, para Viseu e Vila Nova de Paiva. . Dentro dela atravessa uma estrada aonde serve de passagem para diversas Aldeias do Concelho de castro Daire. Todos os anos organiza uma feira medieval. Terra de imigrantes, mais nos anos 70 -90 de que nos dias de hoje. Hoje muitos dos seus habitantes trabalham dentro dela ou por fora. Viseu, Vila Nova de Paiva, Lisboa. Existe um grande Lar de Idosos (estando na lista dos maiores lares públicos do Distrito de Viseu. Terra de gente de muita fé, na Igreja Romana, católica. Missa Dominical marca presença quase na totalidade dos habitante. Quase na totalidade os residentes cultivam a chamada Horta além do seu trabalho efetivo. Existem, três cafés, dois deles com Minimercados. Como aldeia não foge a regra, beber e jogar cartas no café é Hobby de muitos seres masculinos residentes. Enquanto isso acontece a mulherada vai soltando a língua para dizer isto ou aquilo. Não é defeito, é sim um hobby também próprio das aldeias.

 Para se chegar então a esta Aldeia, deve-se seguir este itinerário: partindo de Viseu, segue-se pela EN 229, em direção a Sátão; ao fim de 10 km, sai-se da EN 229 e entra-se na EN 323, em direção a Vila Nova de Paiva; Distancia 25 Km.

Visitar:

Associação de Solidariedade Social, As Abelhinhas de Vila Dum Santo (Lar de Idosos)

Avenida Abelhinhas 37, Vila de Um Santo, Vila de Um Santo

3505-238 COTA Côta (Viseu)

A Buraca da Moura , com as suas  sepulturas escavadas na rocha, cuja data continua por determinar, colocando-se as hipóteses de serem anteriores ao Império Romano, da época deste ou da Alta Idade Média
Viveiros de Vale de Cavalos. (Arvores florestais).

O Monte de S. Salvador (Serra do Salvador), para ver a Aldeia por alto.
Porquê. Vila de Um Santo? . Muitos de vós, deve pensar que existe lá um Santo. Muito bem pensado! Existiu até 1987. O Santo era eu. Por razões, pessoais, econômicas, familiares, a partir dessa data deixei esta bela planície verdeada por um imenso verde. Brincadeira...Na verdade não sei  porque: Sei apenas que desde sempre se chamou assim. Também posso afirmar que Santo não existe nela neste momento, a não ser o Santo S. Miguel que è o Padroeiro da Terra, que se venera com uma grande festa, no dia 29 de Setembro de cada ano.
È esta a terra que me vi nascer, aonde eu dei os meus primeiros passos. Vim dela para estas partes. Será justo dizer. Obrigado, Vila de Um Santo.
 
 ( Tema para  http://www.jornalculturaexpressaoportuguesa.com/
( Julho- Agosto2014.)
 

sexta-feira, 16 de Maio de 2014

Não existe família ideal. Existe sim, é famílias que trabalhão para isso.


Havia uma conhecida e respeitada família algures neste Mundo pelas pessoas que habitavam ao seu redor. A desejada, Família ideal que muita gente pensa que existe. A uma certa altura tiveram problemas financeiros, então para não saírem Hdo padrão do dar nas vistas, manter a aparência da família ideal, resolveram fazer economias. Prepararam um mealheiro e concordaram que cada um metia 100.00 euros por mês nele. Desta feita ao fim de alguns meses teriam dinheiro suficiente para irem passar férias como sempre. O filho mais novo pensou, "" eu ""não meto, já que a minha parte não faz a mínima diferença. Os meses foram passados e chega o momento de abrirem o mealheiro para irem de férias. Espanto deles! Não havia dinheiro. Nada!
Porquê? Todos tiveram a mesma atitude do membro mais novo da familiar em não por a sua parte, já que não se ia notar a diferença!

O que eu quero dizer com este exemplo?
Numa família, não deve existir segredos. Eu sou contra o porquinho-da-índia (mealheiro). Melhor mesmo é tudo às vistas. Pensar que devem ser os outros a fazer, não. Jamais isso deve acontecer. Os segredos, os chamados ""gatos enfuscados "" numa família só destroem. Julgar isto ou aquilo do outro, não leva a lado algum. Mesmo, mesmo certo é falar, dialogar, dizer o que deve ser fazer para melhor a situação em crise. Numa festa de aniversário o bolo é repartido por as pessoas presentes. O mesmo se deve fazer com os problemas familiares. Todos que habitam dentro das quatro paredes têm por direito de saber dos problemas existentes. Mas igualmente tem o dever de trabalhar para que eles se resolvam.
Cada vez mais se ouve falar em famílias destruídas. Podemos inventar mil desculpas para essa destruição, mas na verdade é apenas a má circulação do círculo familiar. Falta de organização, relaxamento, imaturidade.
Para que isso não aconteça os pais devem desde do primeiro dia de união dar o melhor de si próprios. Trabalhar com motivação com bons valores e virtudes. Porque minha gente... Os filhos nascem bons, apenas são bons copiadores, nada lhes escapa. Eles não necessitam de Gps para ouvir e ver o que se passa no seu círculo familiar.
Família é uma das maiores riquezas desta Terra. Aliás estamos aqui para isso. Quando aparecem problemas, crises, não existem soluções se nada se faz.

Fazer é ir em frente. Nada fazer é alimentar os problemas, para que eles cresçam.
!
Não existe família ideal. Existe sim, é famílias que trabalhão, segundo os ensinamentos de Jesus Cristo. Amor, dignidade e respeito.

Com o dizia a minha avó... O que se vê na rua é bem diferente, dentro das quarto paredes.

domingo, 27 de Abril de 2014

Fogão a lenha! Fogão a gás!


 
Deus ao por a mulher neste Mundo, sabia que ela teria que ter um homem. Igualmente ao criar o homem Deus, sabia que mulher seria uma das maiores riquezas para viver junto dele. Existe diversas formas de definir quais as suas diferenças, de as compreender. Mas para mim eu defino assim.
Mulher - homem é como um fogão. Com eles tudo se pode fazer! Não só uma boa comida (sexo). Mas principalmente amar e ser amado. Viver e dar vida. Dar e receber. No entanto... Problema é que a mulher trabalha a lenha, o homem trabalha a gás. Dai a minha comparação a um fogão! Pode fazer rir, mas é mesmo assim! Agora amigo ou amiga. Pensa um pouco na diferença! Sim pensas-te bem. Da lenha para o gás, vai muita diferença. Sim caro homem amiga... Ela necessita tempo, muita paciência e cuidados especiais. Que quer dizer: verdadeiro homem, crente em Deus sabe como lidar com a sua mulher. Ele sabe como ajudar a levar a sua chama ao ponto de ela estar ao ponto das suas necessidades. Por outro lado toda a mulher verdadeira, confiante em Deus sabe que o seu homem é de chama a gás, que necessita de si. Em muitos casos abrandar a fúria da dita chama. No fundo isto é o fundamento de um bom relacionamento. Cada um, saber da sua chama para depois juntos administra-las. A isto eu chamo amor trabalhado. Felicidade. Casamento, uniões a dois. Chamas descontroladas! Eu chamo. Explosão... Divórcio. Tristeza, amargura. Eu como homem nunca compreendi quando outro ser ""meu semelhante "", se relaciona mal com uma mulher.  Até que ele, "eu "viemos a este mundo através dela.  O meu desejo é que todas as chamas produzem o melhor delas. Amor, amizade, partilha, criação.
Abraço e parabéns a todas as mulheres.
 

domingo, 20 de Abril de 2014

Graças a Ele...JESUS...


 
 
Graças a ELE .( Jesus) tens a vida que tens . Para uma vida melhor?  Segue a sua doutrina ...
Se não a segues . Não culpes ninguém pela  vida que tens .
Hoje mesmo ... , renasce para uma vida melhor .
Boa Pascoa ...

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Conhecimento, organização e mudança.

É sempre importante saber como está a nossa vida. Como lidamos com ela. Que fazer para ela de bom! Acaso tu vejas que vives de uma maneira que não te convém é necessário fazer mudanças. Não se deve esquecer que estamos na era do conhecimento e da mudança! Mudar algo é normal e inteligente. Nada faz o teu conhecimento se não o transportares para o teu dia-a-dia. Nada faz a tua vontade de ser, se o lugar aonde moras, não tem a base para os teus sonhos. Atualmente a realização pessoal passa por três pilares: conhecimento, organização e mudança. Por outro lado chego as conclusões que existem três tipos de pessoas na sociedade corrente. Ou seja. 1. Pessoas que não reclamam. Reclamar dá muito trabalho para elas! É preferível se acomodar e aceitar tudo como está, assim, não há motivos para aborrecimentos. Essas pessoas têm sonhos, criam toda uma fantasia do que querem para si, mas não fazem nada para que os sonhos saiam do reino da fantasia e comecem a entrar no da realidade. Esperam que as coisas simplesmente aconteçam sem que delas nada seja exigido. Se tornam preguiçosas e por isso nada alcançam que seja de valor. Em duas palavras: existem, não vivem.
2 - São pessoas que aprendem. Essas têm sonhos e ambições que querem realizar e para isso se permitem aprender com as experiências da vida. Não temem os próprios erros. Quando algo dá errado elas podem usar suas mentes para refletir e criar alternativas que as permitam se transformar. Não ficam presas nas lamentações, pois valorizam o tempo e sabem que este não volta e por isso mesmo deve ser bem aproveitado. São defendidas por mim: Pessoas positivam, trabalhadoras. Vivem e aproveitam o bom da vida.
3 - São estas pessoas, não olham para trás. Que não esperam que as coisas caiam do céu porque entendem que são responsáveis por si próprias e caso não se cuidem, ninguém mais o fará. Para elas não existe lugar (raiz, pátria), mas sim, lugar aonde se sentem realizadas. Estas mesmas acompanham o tempo para não correrem o risco de passar pela vida sem dela nada ter aproveitado e feito. A estas eu lhe aplico o nome. Realistas. Nada deixam ao destino.
Para concluir quero acrescentar que viver, não custa. Custa é saber viver. Mesmo que sejas um bom aluno na escola, quase sempre a inteligência não acompanha esta sabedoria.(Saber viver). Conta muito aquilo que queres de próprio, o quanto te amas a ti mesmo. Estou convencido que pessoa que se ama de verdade tem o mundo aos seus pés. É como ter um GPS para chegar às suas metas. Ao fim destes meus 50 anos, ter percorrido outras terras, ter convivido com diversas culturas, ver tanto sofrimento físico, mas muito mais do foro emocional. ""Te digo "". Vive simples respeita-te a ti mesmo e deixa cair o orgulho por terra. Ama, jamais estejas só. Acompanhados tudo se torna fácil. Aliás estamos aqui para isso. E não te esqueças de estares sempre no caminho do bem, do amor.
 

( Tema para a edição Julho _Agosto 2014 .www.parte-oposta.blogspot.com )

sábado, 5 de Abril de 2014

Uma questão de dignidade, ou sobrevivência ?...


 

 

Meu Deus …Já são muitos anos, muito tempo em que ser pessoa magra parece ter virado uma questão de dignidade, ou sobrevivência  . E quem não se enquadra dentro deste estilo,  parece ter perdido o direito de ser mulher e homem  feliz .A boa notícia é que há sinais de que esta  fase de escravidão pode estar acabando.Porque na verdade  ser criatura feminina  è muito poderosa , nada tem  haver  com gordura . O que vale mesmo é o que está dentro. Ou seja…sensibilidade, emoção e criatividade. E isso… desculpem homens e mulheres  que adoram magrezas, mas eu sei , toda e qualquer mulher tem de sobra. Como homem , alèm de admirar mulher criativa e inteligente ,adoro um corpo cheinho. Gosto de mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio. Ou seja, aquela que, quando tem que comer, comem com vontade; quando tem que fazer dieta, fazem dieta com vontade (nada de sacrifício s); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade. Manequins, belas adormecidas, ou toda esta que não come para não C... Não me fazem regalar os meus olhos .
No entanto: 'Quando soubermos conjugar o verbo amar em sua plenitude, entenderemos que ele não cabe em convenções criadas pelos homens. O amor é a manifestação de que os olhos enxergam muito além da cor, raça, credo, posses e o peso de uma pessoa.'
Estar acima do peso não quer dizer ser feia. Isso mesmo ...viva as gordinhas ...
Portanto, Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se! A beleza é tudo isto.

 
Tema pensado e elaborado para a edição Junho 2014 do .www.cldz.ch

Qualquer sugestão , ou tudo o que possas acrescentar . Por favor manda para .mendes.cota@gmail.com. Agradeço se o fizeres.