Não importa a forma como muita gente me julga, pensa ou critica. Apenas assumo a minha verdade de acordo com os valores e princípios que, aprendi na infância, pela minha mãe, parentes e vizinhos. Sem esquecer a minha religião (Católica) e da fé em Deus e no seguimento na doutrina de Jesus Cristo. Sou ciente que desde sempre enfrento preconceitos de ser diferente de muitas pessoas. Mas mesmo assim sigo com a minha forma de ser.Com orgulho e determinação, mesmo pagando o preço de ser diferente, estou convencido que passo credibilidade, obtenho respeito e me realizo como filho de Deus e habitante neste mundo. Podes traduzir este blogue em vários idiomas. Clica na bandeira do País desejado……
...

domingo, 20 de Abril de 2014

Graças a Ele...JESUS...


 
 
Graças a ELE .( Jesus) tens a vida que tens . Para uma vida melhor?  Segue a sua doutrina ...
Se não a segues . Não culpes ninguém pela  vida que tens .
Hoje mesmo ... , renasce para uma vida melhor .
Boa Pascoa ...

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Conhecimento, organização e mudança.

É sempre importante saber como está a nossa vida. Como lidamos com ela. Que fazer para ela de bom! Acaso tu vejas que vives de uma maneira que não te convém é necessário fazer mudanças. Não se deve esquecer que estamos na era do conhecimento e da mudança! Mudar algo é normal e inteligente. Nada faz o teu conhecimento se não o transportares para o teu dia-a-dia. Nada faz a tua vontade de ser, se o lugar aonde moras, não tem a base para os teus sonhos. Atualmente a realização pessoal passa por três pilares: conhecimento, organização e mudança. Por outro lado chego as conclusões que existem três tipos de pessoas na sociedade corrente. Ou seja. 1. Pessoas que não reclamam. Reclamar dá muito trabalho para elas! É preferível se acomodar e aceitar tudo como está, assim, não há motivos para aborrecimentos. Essas pessoas têm sonhos, criam toda uma fantasia do que querem para si, mas não fazem nada para que os sonhos saiam do reino da fantasia e comecem a entrar no da realidade. Esperam que as coisas simplesmente aconteçam sem que delas nada seja exigido. Se tornam preguiçosas e por isso nada alcançam que seja de valor. Em duas palavras: existem, não vivem.
2 - São pessoas que aprendem. Essas têm sonhos e ambições que querem realizar e para isso se permitem aprender com as experiências da vida. Não temem os próprios erros. Quando algo dá errado elas podem usar suas mentes para refletir e criar alternativas que as permitam se transformar. Não ficam presas nas lamentações, pois valorizam o tempo e sabem que este não volta e por isso mesmo deve ser bem aproveitado. São defendidas por mim: Pessoas positivam, trabalhadoras. Vivem e aproveitam o bom da vida.
3 - São estas pessoas, não olham para trás. Que não esperam que as coisas caiam do céu porque entendem que são responsáveis por si próprias e caso não se cuidem, ninguém mais o fará. Para elas não existe lugar (raiz, pátria), mas sim, lugar aonde se sentem realizadas. Estas mesmas acompanham o tempo para não correrem o risco de passar pela vida sem dela nada ter aproveitado e feito. A estas eu lhe aplico o nome. Realistas. Nada deixam ao destino.
Para concluir quero acrescentar que viver, não custa. Custa é saber viver. Mesmo que sejas um bom aluno na escola, quase sempre a inteligência não acompanha esta sabedoria.(Saber viver). Conta muito aquilo que queres de próprio, o quanto te amas a ti mesmo. Estou convencido que pessoa que se ama de verdade tem o mundo aos seus pés. É como ter um GPS para chegar às suas metas. Ao fim destes meus 50 anos, ter percorrido outras terras, ter convivido com diversas culturas, ver tanto sofrimento físico, mas muito mais do foro emocional. ""Te digo "". Vive simples respeita-te a ti mesmo e deixa cair o orgulho por terra. Ama, jamais estejas só. Acompanhados tudo se torna fácil. Aliás estamos aqui para isso. E não te esqueças de estares sempre no caminho do bem, do amor.
 
( Tema em elaboração para ser publicado em jornais
A tua opinião, acerto, ideia, será bem-vinda.)

sábado, 5 de Abril de 2014

Uma questão de dignidade, ou sobrevivência ?...


 

 

Meu Deus …Já são muitos anos, muito tempo em que ser pessoa magra parece ter virado uma questão de dignidade, ou sobrevivência  . E quem não se enquadra dentro deste estilo,  parece ter perdido o direito de ser mulher e homem  feliz .A boa notícia é que há sinais de que esta  fase de escravidão pode estar acabando.Porque na verdade  ser criatura feminina  è muito poderosa , nada tem  haver  com gordura . O que vale mesmo é o que está dentro. Ou seja…sensibilidade, emoção e criatividade. E isso… desculpem homens e mulheres  que adoram magrezas, mas eu sei , toda e qualquer mulher tem de sobra. Como homem , alèm de admirar mulher criativa e inteligente ,adoro um corpo cheinho. Gosto de mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio. Ou seja, aquela que, quando tem que comer, comem com vontade; quando tem que fazer dieta, fazem dieta com vontade (nada de sacrifício s); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade. Manequins, belas adormecidas, ou toda esta que não come para não C... Não me fazem regalar os meus olhos .
No entanto: 'Quando soubermos conjugar o verbo amar em sua plenitude, entenderemos que ele não cabe em convenções criadas pelos homens. O amor é a manifestação de que os olhos enxergam muito além da cor, raça, credo, posses e o peso de uma pessoa.'
Estar acima do peso não quer dizer ser feia. Isso mesmo ...viva as gordinhas ...
Portanto, Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se! A beleza é tudo isto.

 
Tema pensado e elaborado para a edição Junho 2014 do .www.cldz.ch

Qualquer sugestão , ou tudo o que possas acrescentar . Por favor manda para .mendes.cota@gmail.com. Agradeço se o fizeres.